Você sabia que as paredes também ficam doentes?

Saiba como evitar patologias como mofo, bolor e infiltrações

Mofo, bolor, infiltrações, trincas e fissuras são as principais patologias que podem surgir em paredes de alvenaria. Com o clima frio e úmido, essas ‘doenças’ são ainda mais comuns.

Para prevenir o surgimento de fungos e manchas ocasionadas pela umidade, a principal prevenção é manter os ambientes bem arejados, como explica consultor técnico da Impermix, Renan Guilherme. “É preciso que haja circulação de ar, com o acesso à luz natural e que se evite o acúmulo de umidade. Deixe as janelas abertas e, se necessário, use desumidificadores ou aquecedores”, detalha.

Para remover as manchas mais superficiais, que não sejam muito extensas, Renan recomenda o uso de produtos alcalinos, à base de hipoclorito de sódio. Mas, dependendo da gravidade,  pode ser necessário consultar um especialista que possa recomendar o produto e o procedimento mais adequado. Em alguns casos, é preciso a contratação de mão de obra qualificada e a execução de reformas especiais.

Infiltrações

Segundo o engenheiro civil, especialista em gerenciamento de obras, Mário Renner, uma patologia bastante comum é a infiltração em rodapés de paredes. Elas chegam a atingir um metro de altura e ocorrem geralmente em paredes de pavimentos térreos. “Por estarem diretamente em contato com o solo e não terem sido impermeabilizados da forma adequada, a umidade passa pelas vigas, baldrames e blocos de concreto, e alcança as paredes por capilaridade”, explica o especialista.

O resultado é o surgimento de bolhas nas paredes, que podem fazer com que a pintura descasque, surjam manchas, mofo e bolor, entre outros problemas mais sérios. Para evitar as infiltrações, é preciso uma série de cuidados na construção, como a elevação da obra em relação ao nível do solo e a impermeabilização correta dos materiais, desde o início.

Agora, se o problema já apareceu, o ideal é buscar ajuda especializada, pois a parte da parede que está danificada deve ser removida e precisará receber uma impermeabilização adequada antes de ser restaurada. Outros cuidados e reformas podem ser necessários, dependendo de cada caso.

Dicas

Na oitava edição do #MinutoPlace, com oferecimento da Grey House Iluminação, o consultor técnico da Impermix, Renan Guilherme, falou um pouco sobre estas patologias e explicou como manter as paredes mais saudáveis. Confira:

2 respostas
  1. Fátima Balan
    Fátima Balan says:

    Mofo e bolor são um terror. Além de deteriorar os materiais são extremamente tóxico para a nossa saúde.
    Achei as dicas muito importante para impedir que eles voltem a incomodar.

    Responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *